CREF1 e Vigilância sanitária fiscalizam estabelecimentos no ES

Seis estabelecimentos foram interditados pela Vigilância Sanitária Municipal de Vila Velha e de Cariacica durante ação conjunta com o Conselho Regional de Educação Física (CREF1), em agosto. Ao todo, 19 estabelecimentos foram fiscalizados na região.

Em Vila Velha, três academias foram interditadas nos bairros Vila Garrido, Terra Vermelha e Praia de Itaparica. No último estabelecimento, um estudante foi flagrado exercendo ilegalmente a profissão ao orientar exercícios físicos sem a supervisão de um profissional registrado no CREF1.

Já em Cariacica, três academias foram interditadas, uma em Nova Brasília, uma  em Vera Cruz e outra no Porto de Santana. Nas duas últimas foram encontrados estudantes orientando exercícios no salão de musculação. Os fiscais do CREF1 também autuou um falso profissional atuando em Musculação, no Bairro Nova Rosa da Penha. Ainda em fiscalização, foram encontrados produtos/suplementos com data de validade vencida, sem nota fiscal, e medicamentos de uso veterinário. Foi lavrado auto de infração e auto de inutilização dos produtos encontrados irregulares pela Vigilância.

Dentre as irregularidades detectadas pelo Conselho e Vigilância, destacam-se: falta de registro de Pessoa Jurídica e responsável técnico, sala desprovida de supervisão direta do Profissional de Educação Física, inexistência de alvará sanitário, locais com instalações precárias, manutenção e conservação estrutural, aparelhos enferrujados, espelhos quebrados, fiação expostas e estofados rasgados.

Somente no mês de agosto, o Departamento de Fiscalização do CREF1 ES realizou 49 diligências, nas quais constatou sete exercícios ilegais: um em Aracruz (Musculação), dois em Linhares (Futebol), dois em Vila Velha (Musculação e Futsal) e dois em Cariaciaca (Musculação). Os fiscais também encontraram nove salas desprovidas de profissionais; 12 estabelecimentos sem registro de Pessoa Jurídica; 18 empresas sem registro de Responsável Técnico; e três profissionais atuando fora da área de habilitação.