Bloco carnavalesco da categoria continua a luta em defesa da profissão

Como combater uma resolução (07/2010 do CNE/MEC) que diz, em seu artigo 31, que as atividades físicas nas escolas não precisam ser ministradas por profissional de Educação Física?

Além da letra do samba cantado este ano, destacado no subtítulo desta matéria, o Bloco Carnavalesco da categoria, que desfila todos os anos em Cabo Frio – RJ, esteve na última semana com o prefeito do município Marquinhos Mendes e conseguiu com êxito o apoio da prefeitura da região nesta luta.

Além da Prefeitura, a União das Associações de Moradores e Amigos de Cabo Frio (UNIAMACAF) também foi alvo da visita dos professores representantes do Bloco, juntamente com os demais presidentes das Associações de Moradores que foram convidados a assinar a petição pública em reprovação à Resolução 07/2010.

Para fechar com chave de ouro – o Dia Internacional da Mulher, comemorado no último dia 8 – não poderia passar em branco, após exposição das desvantagens ocasionadas para a categoria com a presente resolução, o chefe de gabinete, Alfredo Gonçalves aprovou a ação do CREF1 e assinou a petição pública no mesmo dia.

Participe você também e assine a petição pública EM DEFESA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR.

http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoAssinar.aspx?pi=P2011N16637