Fiscalização combate o exercício ilegal e alerta sobre o SBV

Falsos profissionais foram flagrados em 90% das diligências realizadas pelo Conselho Regional de Educação Física (CREF1) nos municípios de Cantagalo, Cordeiro, Duas Barras e Sumidouro, de 04 a 06 de abril. Ao todo, os fiscais realizaram 10 incursões nos estabelecimentos da região, onde constataram 12 irregularidades, entre elas, profissionais que ministravam aulas sem Suporte Básico de Vida, obrigatoriedade prevista na Lei Estadual 7.696/2017, os quais foram orientados a procurar o CREF1 para se capacitar.

Dos casos de exercício ilegal: 5 ocorreram em Duas Barras, sendo 4 na musculação e 1 em Treinamento Funcional; 2 em Cordeiro supervisionando Musculação; 1 em Cantagalo também em atividade de Musculação; e 1 em Sumidouro, onde orientava Treinamento Funcional. Dois reincidentes de Duas Barras foram encaminhadas a 152ª DP e o caso encontrado no último município foi levado a 111ª DP.

Na operação também foram encontrados 2 estabelecimentos sem Registro de Pessoa Jurídica e sem nomeação de Responsável Técnico e 8 profissionais sem o curso de Suporte Básico de Vida. A última irregularidade começou a ser fiscalizada pelo CREF1 no final de março, quando expirou o prazo de 180 dias, determinados em lei, para que os estabelecimentos e profissionais estivessem aptos a atuar.

Acesse a Lei sobre o Suporte Básico de Vida no estado

Caso ainda não esteja capacitado em Suporte Básico de Vida, clique aqui e se inscreva. As capacitações são gratuitas e acontecem em todo o estado do Rio de Janeiro.