Raio-X: conheça o presidente da Comissão da Barra da Tijuca, Luiz Sinforoso

Em 2018, o CREF1 iniciou o projeto de descentralização da gestão com a criação das Comissões Regionais de Educação Física do estado do Rio de Janeiro. Um dos grupos montados foi o da Barra da Tijuca, que atualmente conta com 11 membros e a presidência do prof. Luiz Sinforoso.

Luiz é especialista em Treinamento Funcional e atua com preparação física individual e de grupos. Ele também é diretor técnico da Planet Health, e proprietário da Arena Planet health. O profissional é o primeiro entrevistado de uma série que tem o objetivo de contar a história de cada comissão e que será publicada semanalmente no site cref1.org.br.

– Nome Completo: Luiz Felipe Taranto Sinforoso

– Idade: 37 anos

– Presidente de qual Região? Barra da Tijuca

– Como começou a sua história na Educação Física?
Escolhi a educação física pela paixão que sempre tive pelos esportes, não tive dúvidas na hora de decidir o que faria no vestibular. Comecei a faculdade com 17 anos (2000) e no mesmo ano já comecei a estagiar e cada vez mais me identificar com a profissão.

– Como a Educação Física mudou a sua vida?
Tudo que tenho hoje devo a Educação física! Com a educação física conquistei minha independência financeira, consegui comprar meu apartamento, fazer 2 pós-graduações e diversas certificações importantes na área. Também viajei para vários lugares no Brasil e fora, investi em novos negócios e o mais importante de tudo, consegui proporcionar uma boa qualidade de vida para minha família.

A Educação Física me faz uma pessoa melhor a cada dia pois, além de me proporcionar um grande autoconhecimento, tudo o que estudo posso aplicar em mim mesmo, deixando o meu corpo e mente preparados para os desafios do dia-dia. Além disso, tenho a consciência e a responsabilidade de que o meu trabalho e conhecimento podem ajudar e impactar de diversas formas a vida das pessoas, as tornando mais saudáveis e felizes.

– Qual a sua área de atuação e por qual motivo a escolheu?
Sou especialista em Treinamento Funcional e atuo com preparação física individual e de grupos. Escolhi essa área de atuação pois acredito que essa nova visão de corpo e movimento é a forma mais eficiente de trabalhar e a que promove os maiores benefícios para os meus alunos.

Atuo também como diretor técnico da PLANET HEALTH, empresa com foco educacional onde trazemos para o Brasil as principais escolas e certificações de condicionamento do mundo. Esse trabalho me deu a oportunidade também de me tornar palestrante de alguns temas.

No último ano abri meu centro de treinamento funcional a ARENA PLANET HEALTH e faço a coordenação técnica da minha equipe e dou aulas para pequenos grupos.

– Quais os pontos altos e baixos da sua atuação profissional?
O ponto alto, sem dúvida, é perceber como o meu trabalho pode ajudar e impactar positivamente na vida das pessoas e as diversas possibilidades de atuação profissional que me geram sempre um desafio novo.

O ponto baixo é a grande carga horária de trabalho, falta de rotina e variação de recebimento mensal.

– Como vê a profissão daqui a 5 anos?
Vejo a educação física em um momento muito importante de mudança! Sendo cada vez mais associada à área da saúde e qualidade de vida, conseguindo assim a adesão de cada vez mais pessoas em um mercado em plena expansão.

Acredito que o cenário daqui a 5 anos estará divido em 3 segmentos: Profissionais e pequenos estúdios, que darão um atendimento e serviço diferenciados para públicos mais exigentes, as grandes redes de academia low cost e serviços de atendimento online.

– Gostaria de acrescentar alguma coisa?
Nesse trabalho educacional que venho desenvolvendo nos últimos 7 anos, observo a evolução de diversos professores que mudaram suas carreiras e conquistaram grande sucesso através da busca constante pelo conhecimento e aprimoramento profissional. Minha mensagem é: invistam tempo e dinheiro em educação continuada, pois essa é a fórmula para conquistarmos nossos sonhos como professores e educadores físicos.