Em Resende, falso profissional é pego pela terceira vez

Em Operação realizada no Sul Fluminense, nos dias 12 e 13, os fiscais do Conselho Regional de Educação Física (CREF1) flagraram 3 falsos profissionais atuando na profissão, um deles foi pego pela terceira vez ministrando atividade de Treinamento Funcional em um projeto social em Resende.  Esta é mais uma etapa de uma grande operação realizada desde o início de 2017 em todo o Sul Fluminense com o objetivo de coibir o exercício ilegal da Educação Física, promovendo a valorização da categoria local.

Nas duas visitas passadas à Resende, a fiscalização esteve no Parque Parque Tobogã, Vila Julieta, onde flagrou um leigo ministrando atividade para mais de 40 pessoas. Ele foi notificado e informado que não poderia estar à frente de atividades de competência do profissional registrado no CREF1, independente da natureza social do projeto. O caso foi encaminhado, pela segunda vez, a 89ªDP de Resende.

Os outros dois flagrantes ocorreram nos municípios de Itatiaia e Barra Mansa. Além disso, foram encontrados 4 estabelecimentos sem registro de Pessoa Jurídica e sem Responsável Técnico, 2 em funcionamento sem a presença de um profissional de Educação Física e 2 profissional fora da área de habilitação.

Todos os casos de exercício ilegal foram encaminhados ao Ministério Público e os estabelecimentos irregulares estão com processos em andamento no Departamento Jurídico do CREF1.