Mais de 20 falsos profissionais são pegos no ES

28 falsos profissionais foram flagrados pelo CREF1 entre os meses de agosto e setembro deste ano no Espírito Santo, o que representa quase a metade dos casos de exercício ilegal detectados no primeiro semestre. Na ocasião, 49 pessoas foram encontradas pela fiscalização do órgão nas mais diversas modalidades esportivas.

O município de Ibatiba foi o que apresentou o maior índice, com 5 casos em Educação Física Escolar, seguidos por 4 em Linhares (2 flagrantes em Personal Trainer e 2 em Ginástica) e 4 na Serra (1 Escola, 2 Musculação e 1 Personal Trainer).

Ainda foram fiscalizados os Municípios: Jerônimo Monteiro, Alegre, Castelo, Irupi, Ibitirama, Muniz Freire e Iúna. Ainda foram fiscalizados os Municípios: Serra, Cariacica, Vitória, Guarapari, Rio Bananal, Sooretama, Jaguaré, Ibiraçu e Fundão.

Além dos casos de exercício ilegal, também foram encontradas 61 irregularidades nos estabelecimentos locais. Grande parte foram detectadas em agosto, somando um total de 46 contra 15 em setembro. No somatório dos dois meses, os fiscais constataram que 19 estabelecimentos não possuíam registro de Pessoa Jurídica (13-6), 21 locais funcionavam sem nomeação de Responsável Técnico junto ao CREF1 (15-6), 11 salas estavam desprovidas de profissional de Educação Física (9-2) e 6 Profissionais atuavam fora de sua área de habilitação no momento da fiscalização (6-1).