Norte/Noroeste Fluminense teve 18 casos de exercício ilegal em 2017

O Departamento de Fiscalização (DeFis) do Conselho Regional de Educação Física (CREF1) constatou 18 casos de exercício ilegal da profissão no Norte e Noroeste do Rio de Janeiro, em sua maioria em Musculação. Também foram encontradas 70 irregularidades nos estabelecimentos locais.

Campos dos Goytacazes foi o município com com maior número de acontecimentos, com cinco flagrantes. Eles ocorreram em Musculação (5), Circuito (3), Futebol (2), Ginástica e Educação Física Escolar (1). Também foram encontrados falsos profissionais atuando com Musculação: 2 em Itaocara, 1 em Porciúna e 1 em Varre Saí, além de 1 em Spinning, em Miracema, e 1 em Condicionamento Físico, em Cardoso Moreira.

Denuncie o exercício ilegal da profissão. Saiba como

Além dos casos de exercício ilegal, o DeFis também constatou 70 irregularidades em estabelecimentos da região. Entre eles, 26 não possuíam registro de Pessoal Jurídica, 26 não possuíam Responsável Técnico nomeado junto ao CREF1, 12 salas desprovidas de profissionais de Educação Física e 6 profissionais atuando fora da área de habilitação.

Todos os casos de exercício ilegal foram encaminhados ao Ministério Público e os estabelecimentos irregulares estão com processos em andamento no Departamento Jurídico do Conselho.