Operação Cidade do Rei flagra irregularidades em Cachoeiro

Fiscais do Conselho Regional de Educação Física (CREF1) terminam a operação Cidade do Rei, em Cachoeiro de Itapemirim, com o flagrante de dois estudantes atuando ilegalmente com Educação Física. As fiscalizações ocorreram na última semana (de 10 a 14 de fevereiro) a partir de uma determinação do Ministério Público.

No momento da fiscalização, ambos orientavam a atividade de Musculação. O primeiro no bairro Coronel Borges e o outro em uma academia do bairro São Geraldo. Além desta irregularidade, também foram identificadas três empresas sem registro de Pessoa Jurídica e sem Responsável Técnico nos bairros Independência, Santo Antonio e Vila Rica; três profissionais foram encontrados atuando Fora de Área de habilitação em Aquidaban, Santo Antonio e Vila Rica; outros três estabelecimentos com sala desprovida de supervisão presencial e direta do profissional de Educação Física nos bairros Santo Antonio, Aeroporto e Alto Novo Parque; e 28 estabelecimentos não tinham identificação Profissional/Estagiário na camisa ou agasalho, conforme exige a resolução CREF1 081/2013.

Os casos de exercício ilegal serão comunicados ao Ministério Público do estado e as demais irregularidades serão tratadas pelo Departamento Jurídico do Conselho.