A Educação Física se reinventando no período de pandemia

Em 19 de março deste ano, o universo da Educação Física virou de ponta cabeça.

A pandemia chegou de fato ao país e algumas medidas de prevenção para o enfrentamento ao novo Coronavírus foram decretadas. E desde a proibição das atividades ao ar livre e o fechamento das academias e similares as consequências trouxeram mudanças drásticas na rotina dos mais diversos profissionais.

Sob a ordem “fique em casa”, o cotidiano de todos se transformou totalmente. Os cômodos da casa, de repente, se tornaram o novo ambiente para se praticar atividade física e o novo canal de comunicação com os profissionais de Educação Física foi através da Internet.

Sendo assim, os profissionais da área também precisaram repensar suas práticas e reinventar suas atuações nesse período.

E pensando nisso, vamos trazer histórias inspiradoras de profissionais que arregaçaram as mangas e viram nos desafios uma nova oportunidade e se dedicaram para construir um novo formato e assim continuar a promover saúde.

 

↓Clique no cabeçalho abaixo para conhecer cada história

Outra história inspiradora é a da professora Juliana Batista, que faz parte da comissão Araruama. A realidade dela foi um pouco diferente dos demais profissionais que atuam no Rio de Janeiro, pois a profissional junto a sua comissão conseguiram com o secretário de esporte uma liminar que permitia a atuação de forma segura ao ar livre, na orla da cidade. E diante dessa possibilidade, suas atividades de pilates e treinamento funcional foram totalmente adaptadas.

As alunas que já a acompanhavam gostaram muito da nova metodologia de praticar atividade física. Segundo Juliana, as alunas afirmam que o contato com a natureza não tem preço. É incrível!

Além de melhorar o que já era bom, a professora ganhou mais visibilidade e então conseguiu captar novas alunas. E atenta às novas oportunidades, a profissional planeja continuar investindo em novas possibilidades e inovações. Se mantendo alguns dias da semana com a atividade na orla mesmo após o período de quarentena.

Juliana nos conta que todo o processo é feito com muita segurança, uso de máscara e higienização, com horários agendados e sem aglomeração.

E diante dos resultados que ela vem conquistando, a profissional acredita que dentro das possibilidades irá se manter com esse novo formato de atuação.

Saiba mais sobre o trabalho da professora @Juliana_jbpilates