CREF1 esteve em reunião com o presidente Bolsonaro para discutir temas importantes para a Educação Física

Na tarde de ontem (02), em um momento histórico, o presidente Jair Bolsonaro recebeu o CREF1, representado pelo vice-presidente André Fernandes ao lado de outras lideranças do sistema CREF no Palácio do Planalto, em Brasília.

Os temas sobre a oficialização das academias como unidade de saúde, como resolver o vício de iniciativa que existe na Lei que regulamentou a profissão, participação de atletas olímpicos como treinadores de alto rendimento, aumento da carga horária da Educação Física na grade escolar e o projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade do profissional de Educação Física ministrar as aulas em todos os segmentos do âmbito escolar foram algumas das pautas dessa reunião. 

Durante o encontro, como forma de agradecimento, o presidente Jair Bolsonaro foi homenageado com o Discóbolo Míron maior honraria da Educação Física concedida no país.

O presidente Bolsonaro, formado em Educação Física pelo Exército, destacou a importância que os profissionais da área têm, não apenas como educadores, mas como agentes de saúde no país, e prometeu atuar para que a categoria seja fortalecida. “Entendo que temos que valorizar mais essa profissão e farei o que for possível para isso”, afirmou Jair Bolsonaro. “Estimulando a prática esportiva você investe em saúde”, continuou o presidente. 

Ainda durante seu discurso, Bolsonaro afirmou que quem tem bom preparo físico pode lidar melhor com os riscos de contaminação pelo novo coronavírus. 

Para o ministro Onyx Lorenzoni, o papel dos profissionais de educação física é muito importante, principalmente pelo que eles representam para as camadas mais vulneráveis da sociedade. “Vocês cumprem um trabalho admirável. Muitas vezes, vocês são a única porta de saída para nossos jovens das áreas mais vulneráveis para que eles não percorram um caminho errado. Vocês fazem uma ponte entre uma vida muito complexa e difícil para que eles possam encontrar pelo esporte uma vida digna e honrada”, frisou o ministro.

“Acho que o encontro de hoje foi importante, além da homenagem, para mostrar a importância da educação física como uma unidade de saúde nos pontos onde ela é praticada, como, por exemplo, nas academias”, pontuou André Fernandes. “Esse caminho passa pelo fortalecimento da educação física escolar e pela manutenção da educação física como profissão regulamentada. O presidente foi extremamente receptivo e se comprometeu a ajudar em tudo o que for possível para fortalecer a educação física no país”, concluiu o vice-presidente do CREF1.

“Atualmente, o Brasil conta com mais de 450 mil profissionais de educação física registrados. Temos que valorizar esses profissionais, pois trata-se de uma carreira muito importante para o país e para nosso sistema de saúde. O fortalecimento do esporte escolar é um de nossos principais pilares e faremos o que for possível para que o profissional de Educação Física seja cada vez mais reconhecido no país”, afirmou o secretário Marcelo Magalhães.

O evento contou com a participação do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni; do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, general Augusto Heleno; do secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães; do secretário adjunto da Secretaria Especial do Esporte, André Alves; e dos secretários Bruno Souza, da Secretaria Nacional de Alto Rendimento (Snear); e Fabíola Molina, da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), que integram a estrutura da Secretaria Especial do Esporte.